domingo, 17 de maio de 2009

Eu estou pensando em vocë, pensando em nunca mais te esquecer.

Ultimamente ele não conseguia não pensar nela, ela era a dona dos pensamentos dele, mesmo sem saber, mesmo sem querer.
Tudo é tão estranho, porque mesmo sem contato, ele a agregou, e agora é o contato com quem mais fala, mais ri, mais pensa e tem menos contato fisico. Por enquanto - ele disse, todo esse mundo, meio que platônico é suficiente. Eu te encontrei por acaso, no vago, era um dia vazio, e sem brilho. Isso até você dizer "Oi".

"Os opostos se distraem, os dispostos se atraem ". -

E eu, aposto o oposto..., nós vamos nos encantar cada vez mais, e mais.


Foi o caso do acaso, tudo parecia tão programado. Eu não havia lhe informado que você é essencial. De hoje em diante, antes que me esqueça, quero te compreender, quero aprender e reconhecer teus medos, sem nenhum pudor, sem nos prender.

" Quando o nó chegar, deixa desatar em nós ".


Perto de você tudo pode ser tão legal.
Assim seja, baby!!
Ultimamente você me acalma. (me suporta)
Longe de querer você como encosto.
Igual a todos fazem.
Na verdade você parece tão diferente quanto eu.
Hoje estou realmente encantado por você.
Agora, preciso desligar...

3 comentários:

  1. Parece uma historia da minha vida!

    ResponderExcluir
  2. Oun que bunitinho!

    Parece que você traduziu em versos (sim, versos) a história do meu amor. =D

    Bjus

    ResponderExcluir