domingo, 7 de março de 2010

É com a sola que se toca o solo.
Que se pisa, e vai pisando.
Me assola, e consola.
Se precisar vou consolando.

Vem e me faz brilhar irradiando LUZ SOLAR.

5 comentários:

  1. Adorei o texto... Vc tem uma maneira de escrever singular... Realmente mto bom.... toh seguindo!

    ResponderExcluir
  2. Muito legal sua poesia, gostei da maneira como escreve.
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir